quinta-feira, 3 de julho de 2008

Você escolhe

Dois poemas muito bons! Eu vou ilustrar um deles, para escolher é so deixar um comentário com sua opinião.

1. Caboclo Sonhador,

cantado por Flávio José,

composto por Maciel Melo


Sou um caboclo sonhador
Meu senhor, viu
Nao queira mudar meu verso
Se e assim nao tem conversa
Meu regresso para o brejo
Diminui a minha reza

Coracao tao sertanejo
Vejam como anda plangente o meu olhar
Mergulhado nos becos do meu passado
Perdido na imensidao desse lugar
Ao lembrar-me das bravuras de nenem
Perguntar-me a todo instante por Bahia
Neca e Quinha, como vao? ta tudo Bem?
Meu canto e canto onde canta o sabia

Sou devoto de Padre Cico Romao
Sou tiete do nosso Rei do Cangaco
E meu regaco cuminado em pensamento
E meu rebento segue onde eu quero chegar

Deixe que eu cante cantigas de ninar
Abram alas para o novo cantador
Deixem meu verso passar na avenida
Num forro fiado tao da bexiga de bom

2. Bolero de Isabel

composto por Jessier Quirino

É um nó dado por são pedro
E arrochado por são cosme e damião
É uma paixão, é tentação, é um repente
Igual ao quente do miolo do vulcão

É um nó dado por são pedro
E arrochado por são cosme e damião
É uma paixão, é tentação, é um repente
Igual ao quente do miolo do vulcão

Quer ver o bom?
É o aguado quando leva açúcar
É ter a cuca, açucarado num beijo roubado
É um pecado confessado, compadre sereno
Levar sereno no terreiro bem enluarado
É pinicado do chuvisco no chão, pinicando
Ficar bestando com o inverno bem arrelampado
É o recado do cabocla num beijo mandando
“tá namorando a cabocla do recado”

É um nó dado por são pedro
E arrochado por são cosme e damião
É uma paixão, é tentação, é um repente
Igual ao quente do miolo do vulcão

Quer ver desejo?
É o desejo tando desejando
A lua olhando esse amor na brecha do telhado
É rodeado do peru peruando a perua
É canarim, é galeguim, é cantando o canário
Zé do rosário bolerando com dona isabel
Dona isabel embolerando com zé do rosário
Imaginário de paixão voraz e proibida
Escapulida, proibida pro imaginário

Quer ver cenário?
É o vermelho da aurodidade
É a claridade amarelada do amanhecer
É ver correr um aguaceiro pelo rio abaixo
É ver um cacho de banana amadurecer
Anoitecer vendo o gelo do branco da lua
A pele nua com a lua a resplandecer
É ver nascer um desejo com a invernia
É a harmonia que o inverno faz nascer


Quer ver desejo?
É o desejo tando desejando
A lua olhando esse amor na brecha do telhado
É rodeado do peru peruando a perua
É canarim, é galeguim, é cantando o canário
Zé do rosário bolerando com dona isabel
Dona isabel embolerando com zé do rosário
Imaginário de paixão voraz e proibida
Escapulida, proibida pro imaginário

Quer ver cenário?
É o vermelho da aurodidade
É a claridade amarelada do amanhecer
É ver correr um aguaceiro pelo rio abaixo
É ver um cacho de banana amadurecer
Anoitecer vendo o gelo do branco da lua
A pele nua com a lua a resplandecer
É ver nascer um desejo com a invernia
É a harmonia que o inverno faz nascer


VAMO LÁ!! DÊ SEU VOTO!

21 comentários:

cleyton disse...

Prefiro ver a ilustração de Isabel do que do Caboclo ;P

Luzia Daza disse...

Ahhh, quando coloquei o olho em Bolero de Isabel nem tive dúvida! \o/

Jessier!!! ^^

Deborah disse...

Acho que o Bolero de Isabel permite mais ilustração do que o Cabloco sonhador...

Isabela disse...

O que mais me chamou atencao foi o cabloco sonhador! Lindo teus trabalhos Michel! Parabéns mesmo :D

poliana disse...

Quero ver a ilustração de Isabel!

=*********

Kel disse...

O Bolero de Isabel claro (amo esse nome na qual pertence a minha segunda mãe)
Nele imagino ilustrações legais quero ver se a sua imaginação com os desenhos descreve a minha
:********

....|O/ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Severus disse...

Vamos mais uma vez apreciar os versos de Jessier nas ilustração do amigo.

PS: Mas rapaz bem que eu poderia ser do contra e votar no Caboclo.

Rosa disse...

o bolero de isabel!!! apesar de gostar muito de flavio josé...

hatusa isabela disse...

Caboclo Sonhador

=)

amo-te, mickey!

Thiago disse...

A escolha aqui foi difícil... Ambos retratam com maestria a vida do autêntico nordestino. Mas não podemos esquecer o fato de que os poemas do Flávio José, além de tudo, tocam fundo na alma, assim como alguns do gonzagão. Por isso, meu voto vai pra sua poesia descontraída "CABOCLO SONHADOR"!

Anônimo disse...

Esse já é meu!!!!!!
Amo-te lindo!!!!!!!!!!!

Carine disse...

Sou eu meu lindo!!!!!

Patrícia de Medeiros Nóbrega disse...

caboclo!!!!!

Mona Kelly disse...

Ahh,
Ambas são belíssimas!
Mas, apesar de amar as poesias de Jessier Quirino, vou escolher "Caboclo Sonhador".
É um poema mais restrito, sem tantas 'imagens' como "Isabel", dará certamente uma BELA ilustração! =)

E isso vc sabe fazer muito bem, Michel!

=*

Limbonauta disse...

Bolero de Isabel! Bolero de Isabel!

Manda ver, mano!

Bons Ventos.

Mayara Lima disse...

é isso aí ...bolero de isabel!
adorei seu trabalho e estou fascinada com seu blog,tem tudo a v comigo. Tenho 18 anos e quero estudar design ou arquitetura!
amo desenhar! amo poemas! Meu blog é de poemas! gostaria muito q vc me desse uma força, me ajudando com a minha escolha! design ou arquitetura?
por favor me ajude!!!!!!!
por favor!!!
por favor!!!
por favor!!!
Desde já , sua fã!
bjs!

Mayara Lima disse...

obg! obg! obg!
pensei q ñ responderia!MUITO OBG MESMO!
mais já estou informada até as orelhas sobre os cursos e já perguntei p muita gente...[super curiosa!]
e já decidi pelo design mesmo, num sei de onde vc é. eu sou de recife e acho q aqui o curso é "bem visto"[só faltava vc ser daqui rsrsrsrs]+ o q vc achou dos meus poemas?[os poucos q tem]a maioria foram feitos por mim...
obg por ter respondido viu!!!!
vc é minha inspiração lá no meu blog, por favor , continue publicando amei seu blog ñ o esqueça!!!!
bjs!

Raony. disse...

flavio josé é top demais.

Michel disse...

Pessoal. Obrigado pelos votos! vou encerrar a votação e começar a postar(ta precisando, faz um tempão q n posto).
O vencedor foi BOLERO DE ISABEL de Jessier Quirino, com nove votos.
abraço a todos!

Pedro Malanski disse...

Se hoje o eu escolhe um, amanhã outro eu escolhe outro. Não me obrigue escolher e se obrigue a fazer os dois. Periga o que menos gostar ser o que mais te intrigue.

 
Contador de visitas

Contador de visitas