domingo, 16 de março de 2008

Dai-me rosas e lírios




Dai-me rosas e lírios,
Dai-me flores, muitas flores
Quaisquer flores, logo que sejam muitas...
Não, nem sequer muitas flores, falai-me apenas

Em me dardes muitas flores,
Nem isso... Escutai-me apenas pacientemente quando vos peço
Que me deis flores,
Sejam essas as flores que me deis...

Ah, a minha tristeza dos barcos que passam no rio,
Sob o céu cheio de sol!
A minha agonia da realidade lúcida!
Desejo de chorar absolutamente como uma criança

Com a cabeça encostada aos braços cruzados em cima da mesa,
E a vida sentida como uma brisa que me roçasse o pescoço,
Estando eu a chorar naquela posição.

O homem que apara o lápis à janela do escritório
Chama pela minha atenção com as mãos do seu gesto banal.
Haver lápis e aparar lápis e gente que os apara à janela, é tão estranho!

É tão fantástico que estas coisas sejam reais!
Olho para ele até esquecer o sol e o céu.
E a realidade do mundo faz-me dor de cabeça.

A flor caída no chão.
A flor murcha (rosa branca amarelecendo)
Caída no chão...
Qual é o sentido da vida?

Fernando Pessoa

8 comentários:

Kalar disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Boa a ilustração;
Bom o poema.


Mas só entre nós aqui do blog, tu estavas elucubrando mesmo não é?
Antoine de Saint-Exupéry & Fernando Pessoa. E depois da ilustração, virou uma TRINCA: Antoine de Saint-Exupéry / Fernando Pessoa / Michel Carlos.

hehehehe, valeu boy.
PS: Hoje eu, também, estou meio no mundo da lua.

Patrícia de Medeiros Nóbrega disse...

Essa associação realmente ficou perfeita!
Tua imaginação é formidável, mente super criativa!!!!
O poema de lindo, e o desenho tb, apesar de que eu prefiro os em preto&banco.

Beijinhos, continue ilustrando, vc realmente tem um dom!

MichelCarlos disse...

Um grande abraço para meus visitantes de Angola!

hatusa isabela disse...

mickeyyyy
=******

tu eh muuuuuuuuito foda! por isso e muito mais q te amo =)

Mais uma vez, arrasou!
Fernando Pessoa eh demais, e teus desenhos, mais ainda!

=D
parabens parabens parabens!

anne_ccs disse...

Mic!!!
saudade de ver teus recados no meu orkut me pedindo pra comentar akii!!
essa ilustração eh do livro "o pequeno principe" é?!
=***

ßorbolet@ @zul disse...

Amei a montagem com "O pequeno principe" para ilustrar o grande Pessoa (que adoro)
Tenho por mim que a ilustração adequada dá luz e vida ao poema. Sempre escolho a dedo as imagens para os sonetos que guardo no meu modesto jardim.
Vou voltar...

Julliane Pereira disse...

No momento, dor traduzida em cor.

 
Contador de visitas

Contador de visitas